Gabriel García Márquez deu forma ao realismo mágico, escola literária surgida no início do século 20 e que marcou a literatura latino-americana, apesar do escritor sempre dizer que era apenas realismo. “A realidade que é mágica. Não invento nada. Não há uma linha nos meus livros que não seja realidade. Não tenho imaginação.” Como um grande contador de histórias, Gabo...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários