Quem acompanha as premiações do cinema sabe bem que o ganhador nem sempre é o melhor tecnicamente falando. Foi o que se viu na virada deste domingo, 24, para segunda, 25, na 91ª cerimônia de premiação do Oscar. Apesar de Roma e A Favorita terem todos os pré-requisitos para serem eleitos os melhores filmes de 2019, foi Green Book: O Guia que ficou com o título. O longa d...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários