Estado

Número de professores em greve de fome chega a sete, diz Sintet

Grupo quer que a gestão deixe de cortar o ponto dos servidores que aderiram o movimento grevista

Savick Brenna/Sintet/Divulgação
Servidores que aderiram a greve de fome
Atualizada às 12:h10 O número de professores grevista que aderiram a greve de fome aumentou de cinco para sete, são seis homens e uma mulher no movimento. “Eles querem que a gestão para com essa ação ofensiva. Reivindicam que o corte de ponto seja suspenso imediatamente”, informou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Educação do Estado do Tocantins (Si...
Matéria exclusiva para assinantes
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ