Atualizada às 12:h10 O número de professores grevista que aderiram a greve de fome aumentou de cinco para sete, são seis homens e uma mulher no movimento. “Eles querem que a gestão para com essa ação ofensiva. Reivindicam que o corte de ponto seja suspenso imediatamente”, informou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Educação do Estado do Tocantins (Si...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários