Estado

Intensicare ameaça parar atendimentos

Segundo a empresa que cuida dos leitos neonatais do Hospital e Maternidade Dona Regina, caso o Estado não regularize a dívida, os serviços nos 20 leitos serão suspensos

Mais uma vez, o serviço terceirizado de atendimento aos 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital e Maternidade Dona Regina, em Palmas, corre o risco de ser suspenso. A direção da Intensicare, gestora da UTI, informou através de nota enviada ao Jornal do Tocantins, que a suspensão seria em razão do recorrente descumprimento de acordo judicial f...
Matéria exclusiva para assinantes
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ