Esporte

Seleção feminina de vôlei bate Japão

Liga das Nações

Gaspar Nobrega Inovafoto CBV
Alegria Jogadoras brasileiras vibram com ponto contra as japonesas em partida disputada em Barueri (SP)

A Seleção Brasileira de vôlei feminino derrotou o Japão ontem, de virada, por 3 sets a 1 - com parciais de 22/25, 25/18, 25/23 e 25/11 -, no ginásio José Correa, em Barueri (SP), pela segunda rodada da Liga das Nações, competição que substitui o Grand Prix. Depois de uma derrota na estreia para a Alemanha, a equipe do técnico José Roberto Guimarães vacilou no primeiro set, mas aos poucos conseguiu impor seu jogo. Na última parcial, atropelou a adversária.

“Na terça-feira jogamos muito mal. Não brigamos, não lutamos... essa não é a cultura desse time. Perder fazer parte, mas do jeito que foi não. Hoje (quarta-feira) melhoramos muito no sistema defensivo. Graças ao espírito do time que também mudou. Elas estão de parabéns pela forma como assimilaram a derrota e reagiram”, afirmou Zé Roberto Guimarães em entrevista ao SporTV.

Foi também a revanche da seleção brasileira, que no ano passado perdeu para as japonesas duas vezes por 3 sets a 2 - no Grand Prix e na Copa dos Campeões. A seleção asiática também veio de derrota na estreia - 3 sets a 0 para a Sérvia, na última terça-feira. A Sérvia é a próxima adversária da seleção brasileira. As equipes se enfrentam nesta quinta-feira, novamente em Barueri. Na sequência, entre 22 e 24 deste mês, o time brasileiro enfrentará Turquia, Argentina e República Dominicana, em Ancara (Turquia). Depois, terá pela frente Coreia do Sul, Polônia e Holanda, em Apeldoorn. Por fim, jogará contra China, EUA e Rússia, em Jiangmen (China).

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ