“A ficha ainda não caiu”. Esta foi a frase usada pelo piloto tocantinense Felipe Fraga logo após conquistar a segunda colocação no grid de largada da etapa de abertura da temporada 2014, na primeira corrida em dupla em mais de 30 anos de existência da categoria da Stock Car. A prova acontece neste domingo, às 10h30, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, com transmissão da Rede Globo/TV Anhanguera. Fraga correrá ao lado do companheiro Rodrigo Sperafico. Cacá Bueno e o argentino Juan Manuel Pato saem na pole position, pois superaram Fraga/Sperafico por apenas um milésimo de segundo. A segunda fila é completada por Valdeno Brito e Jeroen Bleekemolen, com Denis Navarro/Álvaro Parente e Átila Abreu/Nelsinho Piquet logo atrás no grid.

 

CBN

Em entrevista à Radio CBN (CBN Tocantins Esportes), ontem à tarde, Felipe Fraga disse que a ficha ainda não havia caído. Mas que era um sonho largar na frente de vários ídolos e estrelas do automobilismo brasileiro como Rubens Barrichello, Bruno Senna, entre outros.

Já o companheiro de Fraga nesta corrida, o vice-campeão de 2007 da Stock Car, Rodrigo Sperafico disse estar honrado por ter sido convidado pelo tocantinense. “Vamos colocar na pista a minha experiência com a juventude do Felipe e ver o que vai dar”, aposta o piloto.

Na corrida, Fraga será o titular da equipe Vogel Motosports, e larga primeiro que Sperafico, seu convidado. Serão 50 minutos de corrida. A janela para troca de pilotos será aberta na volta 13 e fechada na volta 16. Durante o pit stop, será obrigatório o reabastecimento de pelo menos 20 litros e a troca dos quatro pneus. Cada carro terá direito a 11 acionamentos do botão de ultrapassagem.