Em um dia difícil para os velejadores brasileiros, Robert Scheidt foi quem teve o melhor desempenho entre os representantes do País no Mundial da classe Laser, disputado em Sakaiminato, no Japão, e que também é classificatório para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. Scheidt fechou a quinta-feira na 32ª colocação, muito atrapalhado pelo desempenho na regata de abe...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários