Conforme um balanço feito pela Câmara Criminal do Ministério Público Federal, no ano de 2017 foram instauradas na primeira instância da Justiça Federal 72 ações penais pelo crime de redução à condição análoga à de escravo. Os estados onde houve maior concentração de denúncias recebidas foram o Tocantins (13) e Minas Gerais (12), seguidos de Bahia (7) e Maranhão (6). N...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários