Instituições financeiras acreditam que, após a aprovação da reforma da Previdência, o Brasil deve iniciar ciclo de crescimento econômico, com novos cortes de juros. Este é o pensamento do presidente da seguradora japonesa Tokio Marine no Brasil, José Adalberto Ferrara. Ele afirmou que a reforma, aprovada na última quarta-feira, 11, em primeiro turno na Câmara, marca u...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários