Após sete anos à frente da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto), Roberto Pires foi reeleito para mais quatro anos no comando da entidade. Embora garanta que muito já foi feito pelo setor, Pires acredita que a indústria ainda busca caminhos melhores. “Temos que transformar os insumos do agronegócio, que é a vocação natural do Estado”, diz, ao lembrar...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários