O Sindicato dos Médicos no Tocantins (Simed-TO) afirma que, nesta sexta-feira, 11, o serviço de cirurgia cardíaca do Hospital Geral de Palmas (HGP) encontra-se parado por falta de perfusionistas. Relatos de médicos - que pediram para não ser identificados - afirmam ao sindicato que dois perfusionistas, profissionais responsáveis por manter o paciente com suporte artifi...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários