“Comecei a sentir febre intensa, dor de cabeça, sangramento e perda de peso. Procurei um posto de saúde e fiz o teste rápido: era HIV”. O relato é de Lucrécia Borges Barbosa sobre sua reação ao receber o diagnóstico em setembro de 2014, quando morava em Araguaína e fazia o curso de Geografia na Universidade Federal do Tocantins (UFT). Lucrécia relembra que a sua reação foi de n...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários