Em Gurupi, Lucas Sousa Alves, Matheus Cordeiro Martins e Victor Cardoso Lustosa de Paula acabaram condenados em júri popular pelo homicídio qualificado contra Zeilias Soares Pereira e Gabriel Tauãn Dantas da Silva e ainda por integrarem organização criminosa. Somadas, as penas dos três condenados chegam a 105 anos de prisão, que deverão ser cumpridas,  inicialmente, e...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários