O governo federal, por meio de uma portaria do Ministério da Saúde, prorrogou a ampliação do acesso aos procedimentos cirúrgicos eletivos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) em todos os estados e o Distrito Federal. O investimento, com teto de R$ 150 milhões, será disponibilizado pelo Componente Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (Faec). Apesar da por...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários