Com mais de 230 mil pessoas vacinadas contra a gripe, o Tocantins cobriu 54,51% do público alvo imunizado. O número era o contabilizado pela Secretaria de Estado da Saúde do Tocantins (SES), até o último dia 10, quando completou um mês da vacinação.

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza, que segue até 31 de maio, tem como meta a ser alcançada a cobertura mínima nacional de 90% do grupo prioritário, ou seja, 59,5 milhões de pessoas.

Conforme a SES do Tocantins,são 500 postos de vacinação disponibilizados para atender a população abertos das 8h às 17 horas.

Prioritários

Do grupo prioritário as puérperas, idosos, e gestantes ultrapassaram os 60% vacinados até o último dia 10, conforme a SES. Já as crianças, trabalhadores da saúde, indígenas e funcionários do sistema prisional chegaram aos 50%.

Já os demais alvos comorbidades, população privada de liberdade, professores e membros de forças policiais não chegaram a metade do esperado imunizar nesta campanha, sendo que esse ótimo não alcançou nem 10% do número de pessoas que devem ser vacinadas.

Confira a porcentagem dos vacinados:

Crianças - 54,27%
Gestantes - 60,43%
Trabalhador de Saúde - 54,95%
Puérperas - 67,88%
Indígenas - 51,31%
Idosos - 63,10%
Comorbidades - 45,14%
População Privada de Liberdade - 44,21%
Funcionários do Sistema Prisional - 56,91%
Professores - Ensino Básico e Superior - 47,53%
Policiais Civis, Militares, Bombeiros e membros ativos das Forças Armadas - 8,96%

Mortes

Um novo boletim de monitoramento da influenza divulgado na última quinta-feira, 9, pelo Ministério da Saúde  aponta que 535 pessoas haviam sido hospitalizadas por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por influenza em todo o país, e dessas 99 óbitos morreram.  No Tocantins, o Ministério registrou cinco casos de morte. 

Os dados do boletim epidemiológico são até o dia 27 de abril. Do total de mortes por influenza nacionalmente, 90% foram em pessoas que apresentam fatores de risco como idosos, pessoas com doença crônica, crianças, gestantes, indígenas e puérperas.

Mortes por estado:

Amazonas - 35;
São Paulo -  7;
Paraná - 11;
Pará  - 7; 
Espírito Santo - 6;
Rio Grande do Norte - 4; 
Ceará - 3; 
Rondônia - 3; 
Acre - 2; 
Alagoas - 2; 
Sergipe - 2; 
Rio de Janeiro - 2; 
Santa Catarina -2; 
Mato Grosso do Sul - 2; 
Amapá - 1; 
Bahia - 1; 
Minas Gerais -1; 
Rio Grande do Sul -1; 
Mato Grosso do Sul - 1;
Distrito Federal - 1.