O dia 30 de agosto ficará sempre marcado para a família de Moisés Costa de Silva, como um dia de dor devido ao assassinato do ex-prefeito de Miracema, conhecido publicamente como Moisés da Sercon. Com um ano da sua morte, a aflição dos familiares só aumenta devido à falta de elucidação do crime considerado de alta complexidade, mas o luto também se transforma em luta e...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários