A juíza Wania Regina da Cunha, da Vara de Execuções Criminais de Taubaté, suspendeu o direito da detenta Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão pelo assassinato dos pais, de gozar três saídas temporárias da prisão este ano. A juíza entendeu que a presa cometeu falta grave ao participar de uma festa de casamento, em Taubaté, quando recebe...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários