A Polícia Civil cumpriu, na última quinta-feira, 16, mandado de prisão preventiva contra um homem suspeito de matar a professora Olganice Cardoso da Silva Chagas em Conceição do Tocantins, a 294 km. O crime aconteceu em 2016 e desde então o suposto autor do homicídio estava foragido.

O mandado, expedido pela Primeira Vara Criminal da Comarca de Dianópolis, foi executado em uma fazenda, onde estaria o suspeito conforme informações.

A delegada Melícia Ganzaroli de Ávila, responsável pelo caso, explicou que o crime teve grande repercussão na cidade.  “Desde então, o autor se encontrava foragido, porém, durante trabalho de investigação, policiais da DPC de Conceição do Tocantins o localizaram na zona rural da cidade, na Fazenda São Cirilo”. 

O homem acabou preso e levado para a Cadeia Pública de Dianópolis, onde ficará a disposição do Poder Judiciário.