A Polícia Militar prendeu o suspeito de matar um homem, de 61 anos, com golpes de faca e ainda tentar estuprar a filha da vítima, uma adolescente de 14 anos, em Porto Nacional. O crime ocorreu nesta segunda-feira, 26, por volta das 6 horas, em uma residência do Setor Granville. 

A PM acionada para a ocorrência se deslocou até a residência. Em relato, a filha da vítima contou que o autor do crime chegou em sua residência chamando pelo seu pai. Quando o pai abriu a porta, o homem teria atacado a vítima brutalmente com uma faca. Ao todo, 16 facadas teriam sido desferidas contra a vítima, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local. 

Posteriormente, conforme o relato da filha da vítima morta, o homem ainda teria tentado estuprá-la. O homem teria obrigado a menor a voltar para dentro da residência, enquanto se despia, teria mandado a adolescente tirar as próprias roupas. Nesse momento, a jovem teria se aproveitado do fato do homem estar nu para sair correndo da casa e pedir por socorro. 

O autor do crime teria fugido do local. A partir dessas informações, a PM iniciou diligências para capturar o suspeito, que acabou sendo localizado na residência de seu pai, já no setor Vila Operária. O homem suspeito dos crimes foi preso em flagrante e conduzido para Delegacia de Polícia Civil. 

Em nota, a Polícia Civil disse que esteve no local do crime para realização da perícia e que já investiga o caso. O suspeito preso no final da manhã foi apresentado na Central de Atendimento e a Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado é responsável pelo caso. 

Ainda segundo a Polícia Civil, a motivação do crime ainda não foi definida. Além disso, um boletim de ocorrência já foi registrado sobre o caso.