Uma sentença proferida em resposta a uma ação popular determina o cancelamento de contratos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) com duas empresas  terceirizadas contratadas sem licitação para realização de vistorias veiculares obrigatórias e a redução da taxa de vistoria, que foi  reajustada irregularmente.  A sentença determina ainda a retomada e...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários