O caso da adolescente de 16 anos, grávida de sete meses, que não teria conseguido atendimento médico nas unidades de saúde de Palmas não procede, segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Palmas informou em nota. A paciente tem suspeita de hanseníase.  A Secretaria informa que ela recebeu o atendimento imediato no Centro de Saúde da Comunidade Jardim Taquar...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários