O Ministério Público do Tocantins  (MPTO) deu início a uma série de audiências preliminares conciliatórias com os proprietários de fazendas situadas na Bacia Hidrográfica do Rio Galhão (BHRG), na região do Jalapão. O objetivo  é buscar soluções para possíveis irregularidades e conflitos ambientais na área. Leia também: -Imagens aéreas mostram bancos de areia na região da Ilha do Bananal durante seca no Rio Araguaia -Desmatamento cai 31,56% no Cerrado em junho deste ano, diz governo As audiências iniciaram na terça-fei...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários