O reajuste da tarifa do transporte coletivo de Palmas pode não sofrer aumento se o Conselho de Acessibilidade, Mobilidade, Trânsito e Transporte de Palmas e da Agência de Regulação, Fiscalização e Controle de Palmas (ARP), atenderem as recomendações do Ministério Público Estadual (MPE) desta segunda-feira, 11. A recomendação é da promotora de Justiça Kátia Chaves Gallieta, q...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários