Em nota, a Prefeitura de Palmas informou que está apoiando a Operação Nosotros, da Polícia Federal, em busca de informações sobre a operação e colaborando com as investigações. Nas redes sociais, o prefeito Carlos Amastha, já havia anunciado que colabora com as investigações, mas no momento não estava no país. 

Ainda na nota, a Prefeitura esclareceu que a investigação tem base uma denúncia de um “grande devedor de IPTU, que é grande latifundiário e que supostamente estaria sofrendo alguma pressão de agentes públicos para ceder essa área a qual ele é proprietário e cujo valor do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) cobrado é proporcional a área que ele possui”, informou a nota. 

Por fim, o órgão informou que o prefeito está a caminho de Barcelona, na Espanha, onde participará do Smart City Expo & World Congress. Conforme a Prefeitura, Amastha está tranquilo e quando voltar de viagem prestará os esclarecimentos necessários. 

Operação 

A operação foi deflagrada na manhã de hoje e investiga irregularidades no processo de licitação para construção do sistema de transporte Bus Rapid Transit (BRT) de Palmas e da cobrança de altos valores do IPTU do município