Um estabelecimento comercial em Pedro Afonso, a 207 km de Palmas, foi proibido de permitir o uso de som automotivo após recurso interposto pelo Ministério Público do Tocantins (MPE- TO) junto ao Tribunal de Justiça do Estado na última terça-feira, 16. A decisão foi aprovada após o ambiente ser acusado de perturbação do sossego. A partir do deferimento do recurso, a empr...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários