A Polícia Civil identificou e indiciou um homem, de 30 anos, suspeito de induzir crianças e adolescentes a enviar imagens íntimas e de nudez. Esse caso é resultado de uma parceria das forças polícias de Minas Gerais, Santa Catarina e do Tocantins.   Conforme a Polícia Civil, durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão na residência do ind...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários