A Polícia Civil identificou os dois seguranças do supermercado Ricoy, da zona Sul de São Paulo, acusados de torturarem um jovem negro de 17 anos com um chicote. São eles Davi de Oliveira Fernandes, 37 anos, e Valdir Bispo dos Santos, 49 anos, seguranças terceirizados do estabelecimento situado em Vila Joaniza. Os dois funcionários foram ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários