Após a prisão de dois suspeitos das mortes da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Pedro Gomes, a Divisão de Homicídios achou uma quantidade recorde de 117 fuzis incompletos, do tipo M-16, em uma casa de um amigo do policial militar Ronnie Lessa, apontado pela polícia como responsável pelos disparos, no Méier, Zona Norte do Rio de Janeiro. Segundo o secr...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários