Após o governador do Estado do Tocantins, Marcelo Miranda (MDB), e sua vice, Claudia Lelis (PV) terem seus mandados cassados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na manhã desta quinta-feira, 22, servidores públicos do Instituto de Terras do Tocantins (Itertins) foram flagrados na noite de quinta, após as 20 horas, supostamente emitindo vários títulos de terra ilegalmente. Uma denúnc...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários