O Tribunal do Júri Popular decidiu pela condenação dos dois policiais e outros dois homens suspeitos de integrar um grupo de extermínio em Colinas do Tocantins, a 262 km da Capital. O julgamento, que começou na última segunda-feira, 17, terminou na madrugada desta quarta-feira, 19, por volta da 00h45 e imputou pena de 15 e 29 anos para os acusados. Em duas sessõe...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários