A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Seccional do Estado do Tocantins, encaminhou à imprensa uma nota afirmando os fatos divulgados na imprensa e redes sociais a respeito do advogado Tárcio Fernandes de Lima, que se envolveu recentemente em uma confusão após ser suspeito de ter atirado contra um agente de execução penal do Estado, não são verídicos. Conforme a enti...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários