“Se tu tens consciência, respeite o negro, afrodescendente e toda gente que vive acorrentado pelo preconceito da cor. Mas se tu tens consciência, assuma sua identidade e veja seu valor”. O poema de Valter Alves da Silva ilustra bem a consciência negra que precisa ser vivida, não só neste 20 de novembro, mas durante todos os dias, tanto para a autoafirmação das pessoas n...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários