O número de líderes indígenas que perderam a vida durante conflitos no campo desde janeiro de 2019 foi o maior em pelo menos 11 anos, informou a Comissão Pastoral da Terra (CPT) nesta segunda-feira (9). De acordo com os dados preliminares, foram registradas sete mortes neste ano, contra duas em 2018. O balanço final só será conhecido em abril de 202...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários