O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou na noite desta quarta-feira (21) que não acredita que a Coronavac -parceria entre a farmacêutica chinesa Sinovac e o Instituto Butantan- transmita credibilidade "pela sua origem" e usou como justificativa que "esse vírus [Covid-19] teria nascido" na China. As declarações do presidente foram dadas em entrevista à rádi...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários