Para atender pedidos de detentos das unidades prisionais do Tocantins, mães, esposa ou irmãs se arriscam levando drogas e outros objetos nas suas partes íntimas para dentro das cadeias. O último caso registrado, desta vez na Cadeia Pública de Guaraí, município distante 177 km de Palmas, ocorreu na tarde desta sexta-feira, 8. Agentes flagraram uma jovem de 20 ano...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários