A Justiça acatou o pedido da Defensoria Pública do Estado, que pediu a liberdade provisória da dona de casa de 39 anos, presa na última quarta-feira, em Buriti do Tocantins, Extremo-Norte do Estado, após acorrentar o filho de seis anos e se encontrada em um bar consumindo bebida alcoolica.   Francisca foi liberada no final da tarde de ontem. De acordo...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários