Com uma população carcerária de aproximadamente 3.900 detentos que fazem cinco refeições diárias, a nova empresa que fornecerá alimentação às unidades do sistema prisional do Estado a partir do dia 16 de fevereiro terá que preparar cerca de 19.500 refeições diariamente. Por mês, essa quantidade vai para 585 mil e, anualmente, seria de mais de 7 milhões de refeições. E...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários