O Ministério Público Estadual (MPE) emitiu parecer contrário ao pedido de João Olinto Neto para a Justiça rever as medidas cautelares impostas sobre ele e seu filho Luiz Olinto Garcia de Oliveira. No documento, João Olinto solicitou que o filho voltasse a residir em sua residência e também autorização para retornar às rotinas de trabalho.No pedido, o pai citou sobre a possib...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários