Após ficar cinco dias internada, a menina de três anos que foi jogada pela mãe do quinto andar de um prédio em que morava, no Jaguaré, zona oeste de São Paulo, teve alta médica do Instituto da Criança, no Hospital das Clínicas (HC) na quarta-feira, 29. A mãe, Fernanda Fernandes Garcia, de 29 anos, permanece internada, em estado estável, no mesmo hospital. De acordo...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários