O Jornal do Tocantins recebeu denúncias de que os professores da rede estadual de ensino do Estado, que voltaram a trabalhar no dia 4 de fevereiro – início do ano letivo -, estão lecionando sem contratos e sem pagamentos. “Estamos sem nenhuma previsão de quando iremos receber. É uma situação humilhante, porque não temos vozes. Estamos com medo devido às indicações política...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários