Desde o início da piracema, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) apreendeu 5.850 metros de redes, 15 boias e 10 pindas, artifícios usados para a pesca predatória entre os dias 1° e 30 de novembro. Os números foram divulgados em balanço do órgão nesta quarta-feira, 26. As apreensões ocorreram durante fiscalizações aquáticas e por terra realizadas por ag...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários