Uma operação de fiscalização no Parque Estadual do Jalapão resultou na aplicação de 22 autos de infração para operadoras de turismo que atuavam sem autorização. A soma das multas chega a R$ 675 mil de acordo com o Instituto Natureza do Tocantins, órgão responsável por emitir autorização para essas empresas trabalharem no local. De acordo com o balanço apresentado nesta ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários