O assassinato da idosa Hilda Pereira Lima, de 68 anos, carbonizada no dia 9 de janeiro em Gurupi por suspeita de feminicídio é um dos oito inquéritos abertos na mesma linha só esse ano, conforme dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP). Além dos crimes contra mulheres por motivação de gênero, foram registrados 958 homicídios no Tocantins em 2018 e pelo ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários