O médico Álvaro Ferreira da Silva, 62 anos, suspeito de matar a ex- esposa, a professora da rede municipal de ensino Palmas, Danielle Christina Lustosa Grohs, em dezembro de 2017, continua internado no Hospital Geral de Palmas (HGP), para onde foi levado às pressas desde o último sábado, apresentando um quadro de infecção urinária. A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários