A Justiça condenou uma mulher de 60 anos e o filho dela de 40 anos por matar o aposentado Faustino Brito Lima de 74 anos a marretadas e jogar o corpo ao lado de uma rodovia em Araguaína. O crime aconteceu no dia 27 de março de 2022.  Conforme o Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), os réus teriam registrado um boletim de ocorrência no dia 28 de março de 202...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários