A partir de agora fica proibida a cobrança da taxa de religação de energia e de água no Tocantins, em caso de corte de fornecimento por falta de pagamento. A lei está sancionada e publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira, 19. O Projeto de Lei havia sido aprovado na Assembleia Legislativa (AL) ainda em maio.  Conforme a publicação, após o informe do pagamento por parte do consumidor, a empresa terá o prazo máximo de seis horas para restabelecer o fornecimento. "A comprovação do pagamento se ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários