(Atualizada em 27/04/2019 às 09h14) Em decisão liminar divulgada nesta sexta-feira, 26, o juiz Roniclay Alves de Morais, da 2ª Vara da Fazenda e Registros Públicos de Palmas, determinou a suspensão do contrato de R$ 25,4 milhões firmado entre o Estado do Tocantins e o restaurante Bom Paladar. O documento determina, ainda, a indisponibilidade de bens móveis e imóv...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários