Diante de reclamações registradas devido à falta de transporte escolar para residentes da zona rural do município de Cristalândia, a Justiça emitiu decisão em que obriga a prefeitura a providenciar, em até 24 horas a partir da intimação, o veículo. As reclamações foram registradas no Ministério Público Estadual (MPE-TO) por Lucivânia Sousa de Oliveira, mãe de duas crianças a...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários