A Justiça Federal determinou na última terça-feira, 26, que fossem bloqueados R$ 2,5 milhões das contas do governo Estadual para a regularização do abastecimento de medicamentos, materiais e insumos dos hospitais públicos do Estado. A decisão, do juiz federal da 1ª Vara Eduardo de Melo Gama, ainda ordena que fossem expedidos ofícios aos diretores de todas as unidades g...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários