A Justiça Federal determinou na última terça-feira, 26, que fossem bloqueados R$ 2,5 milhões das contas do governo Estadual para a regularização do abastecimento de medicamentos, materiais e insumos dos hospitais públicos do Estado. A decisão, do juiz federal da 1ª Vara Eduardo de Melo Gama, ainda ordena que fossem expedidos ofícios aos diretores de todas as unidades g...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários