O julgamento de Allan Moreira Borges, acusado de matar a professora Heidy Aires Leite Moreira Borges, que ocorreria a partir das 9 horas desta quinta-feira, 14, foi adiado. O motivo é que a Justiça não conseguiu intimar duas testemunhas. O adiamento do julgamento foi determinado às 18h53 desta quarta-feira, 13. A mãe da professora, Maria do Amparo Leite Oliveira, estava...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários